Sonae e CTT vão criar plataforma de comércio eletrónico

Investimento na nova empresa deve rondar os 10 a 15 milhões de euros e vai permitir a PMEs e marcas portuguesas comercializar os seus produtos online e chegar a mais consumidores.

Fleed

  • Sonae e CTT unidas em marketplace
  • Plataforma para PMEs e marcas portuguesas
auto auto

 

A Sonae e os CTT vão avançar com uma parceria na área do comércio eletrónico, através do estabelecimento de uma joint-venture que visa a exploração de uma nova plataforma em modelo marketplace.

O acordo celebrado entre as duas empresas prevê a constituição de uma sociedade que terá como acionistas a Sonae (50%), empresa de referência na área de retalho, e os CTT (50%), empresa de referência no segmento de expresso e encomendas. O investimento necessário para a implementação do projeto será de 10 a 15 milhões de euros nos primeiros anos de operação, repartido em partes iguais entre as duas empresas.

Segundo avançam em comunicado, “os dois grupos possuem competências complementares que irão aproveitar na criação de um marketplace que preste serviços integrados de intermediação de relações comerciais entre comerciantes e consumidores”.

A criação deste “Marketplace” constitui uma “forte aposta” no desenvolvimento do comércio eletrónico, com foco nas PMEs e marcas portuguesas, através de um posicionamento assente em proximidade, numa experiência de compra simples, segura e conveniente e com uma oferta abrangente de produtos e serviços disponibilizados online por cada vez mais empresas.

Para a Sonae, “esta iniciativa é mais um passo na aposta (…) na área do comércio eletrónico e enquadra-se nos pilares estratégicos do grupo, nomeadamente: (i) reforçar e aproveitar os ativos e competências chave e (ii) diversificar modelos de negócio e estilos de investimento”.

A concretização da operação está sujeita a aprovação pelas autoridades da concorrência competentes.

redacao@fleed.pt

 

A Sonae e os CTT vão avançar com uma parceria na área do comércio eletrónico, através do estabelecimento de uma joint-venture que visa a exploração de uma nova plataforma em modelo marketplace.

O acordo celebrado entre as duas empresas prevê a constituição de uma sociedade que terá como acionistas a Sonae (50%), empresa de referência na área de retalho, e os CTT (50%), empresa de referência no segmento de expresso e encomendas. O investimento necessário para a implementação do projeto será de 10 a 15 milhões de euros nos primeiros anos de operação, repartido em partes iguais entre as duas empresas.

Segundo avançam em comunicado, “os dois grupos possuem competências complementares que irão aproveitar na criação de um marketplace que preste serviços integrados de intermediação de relações comerciais entre comerciantes e consumidores”.

A criação deste “Marketplace” constitui uma “forte aposta” no desenvolvimento do comércio eletrónico, com foco nas PMEs e marcas portuguesas, através de um posicionamento assente em proximidade, numa experiência de compra simples, segura e conveniente e com uma oferta abrangente de produtos e serviços disponibilizados online por cada vez mais empresas.

Para a Sonae, “esta iniciativa é mais um passo na aposta (…) na área do comércio eletrónico e enquadra-se nos pilares estratégicos do grupo, nomeadamente: (i) reforçar e aproveitar os ativos e competências chave e (ii) diversificar modelos de negócio e estilos de investimento”.

A concretização da operação está sujeita a aprovação pelas autoridades da concorrência competentes.

redacao@fleed.pt

Mais sobre o tema