AGEAS aumenta lucro em 35% com ganhos extraordinários na China

Bom desempenho na Bélgica e ganhos extraordinários na China levaram os resultados do grupo segurador a atingir 248 milhões de euros no primeiro trimestre.

Fleed

auto auto

 

A AGEAS, grupo segurador belga, obteve no primeiro trimestre de 2018, um resultado líquido de 248 milhões de euros, valor que compara com os 110 milhões verificados no período homólogo de 2017.

O maior contributo para os resultados do grupo vieram da área de seguros. O resultado cresceu 35% para os 299 milhões de euros no primeiro trimestre.

No comunicado de resultados, a empresa destaca o forte crescimento registado na Bélgica, bem como o aumento do contributo da operação do Reino Unido, apesar das adversas condições climatéricas registas.

Na Ásia, apesar da quebra de negócio, destaque para o contributo para os resultados do primeiro trimestre na China, sobretudo devido a ganhos extraordinários.

"As nossas atividades de vida e não-vida voltaram a registar um desempenho sólido que se traduziu num bom resultado operacional, apesar do impacto das condições meteorológicas desfavoráveis na Bélgica e no Reino Unido", afirma o presidente executivo da Ageas, Bart De Smet, citado na divulgação de resultados. conteudos@fleed.pt 

 

A AGEAS, grupo segurador belga, obteve no primeiro trimestre de 2018, um resultado líquido de 248 milhões de euros, valor que compara com os 110 milhões verificados no período homólogo de 2017.

O maior contributo para os resultados do grupo vieram da área de seguros. O resultado cresceu 35% para os 299 milhões de euros no primeiro trimestre.

No comunicado de resultados, a empresa destaca o forte crescimento registado na Bélgica, bem como o aumento do contributo da operação do Reino Unido, apesar das adversas condições climatéricas registas.

Na Ásia, apesar da quebra de negócio, destaque para o contributo para os resultados do primeiro trimestre na China, sobretudo devido a ganhos extraordinários.

"As nossas atividades de vida e não-vida voltaram a registar um desempenho sólido que se traduziu num bom resultado operacional, apesar do impacto das condições meteorológicas desfavoráveis na Bélgica e no Reino Unido", afirma o presidente executivo da Ageas, Bart De Smet, citado na divulgação de resultados. conteudos@fleed.pt 

Mais sobre o tema